quarta-feira, 26 de setembro de 2007

A minha mana...........

A minha mana e uma amiga do coração decidiram arriscar um pouco mais nas suas actividades.
Trabalham com miúdos em idade escolar.
Vá lá...visitem o blogue. Elas merecem.E ainda por cima são giras...
Deviam pôr fotos no blog.Nem que fosse só meio-corpo.
Clica em baixo para visitar o Blog.


sábado, 15 de setembro de 2007

FILIPE SCOLARI

Falhaste!
E tu sabes isso muito bem.
Eu também já falhei muitas vezes.

Aprendeste a cantar o hino.
Fizeste-me meter um lenço na cabeça com as cores nacionais e acreditar.
Choraste por Portugal.


Não te vamos deixar cair, Filipão!!!!!
VIVA PORTUGAL

quinta-feira, 13 de setembro de 2007

Novo desporto radical em Portugal III


Yuuuupiiiii !!!!

Afinal não acabou. Nasceu mais uma criança numa ambulância.
Desta vez em Ansião. Sem perigo, pois mais uma vez estavam presentes os, já experimentados, Bombeiros Voluntários lá da zona.
Eu não disse que ele... o tal... o Ministro, não desistia.
Havemos de ser campeões do Mundo.
Olarilas.....

quarta-feira, 12 de setembro de 2007

Real Politik - O Dalai Lama em Portugal (Clique aqui)

O nosso (salvo seja) Ministro dos Negócios ( nunca o termo foi tão bem entregue) Estrangeiros, depois de se saber que o Governo não receberia o Dalai Lama, que está de visita a Portugal para conferencias e debates, cujos bilhetes de entrada ficaram esgotados em tempo recorde, declarou à impressa que o facto de o Primeiro Ministro e o Presidente da Republica não receberem o Premio Nobel da Paz era "por motivos óbvios". Estes motivos óbvios são, como é fácil de ver, diplomáticos. Ou melhor, económicos.
Fizemos um barulho dos tomates quando foi de Timor, mas que a China esteja a negar ao povo do Tibete, como povo e País soberano ocupado pela força, a sua auto-determinação, não faz mal.
Venha o "papel".Andam constantemente a condenar o massacre de Tian'An Men em 1989 e os graves atropelos que a China continua a praticar no que diz respeito aos Direitos Humanos.
MAS ENTÃO NÃO DEVERIA SER AO CONTRÁRIO????
O que prova que as Ideologias não interessam. O que conta é o papel.
É o que eles agora chamam "Real Politik".
Cá para mim é um "Real Cagalhão".




sexta-feira, 7 de setembro de 2007

Zeca

video

Um abraço para a Suiça

Grande abraço ao meu compadre e aos amigos de lá, do frio, mas também da neve e de maravilhosas montanhas....Que saudades.
António Jorge - Ilustre Setubalense do Bairro Santos
Conhecido como o maior Cortador de todos os tempos
Em cima como Conde de Murça -Carnaval 2006 em Setúbal
(clique na imagem para ver aumentada)


André e Sérgio
(
Havemos de nos conhecer pessoalmente, um dia)
PARA TODOS, UM GRANDE ABRAÇO!!
SEJAM FELIZES.



quarta-feira, 5 de setembro de 2007

Os "ricos" e os pobres.

Os ricos só existem por causa dos pobres.
Sim...porque se não houvesse pobres, não haveria ricos.Quase que tinha piada não fora o mal estar que isso provocaria aos pobres, precisamente.
É por isso que os ricos gostam tanto de pobres. Quer dizer.....da pobreza.
Não...não é por causa do dinheiro.Até porque há pessoas com dinheiro que não se consideram ricas, no sentido em que estou a pensar, que é assim uma espécie de...como hei-de de dizer?"ser mais que os outros". É só porque, para certos e determinados, se não houvesse pobres, não tinha tanta graça ser rico.E dava muito mais trabalho o "ser mais que os outros".E depois haveria sempre aquele promenor de para se fazer distinção entre as pessoas teria que ser, ou pela cultura adquirida, ou pela inteligência demonstrada, ou por actos praticados, trabalho feito, enfim...uma canseira.
E depois há "os novos ricos" que são assim uma espécie emergente dos pobres à espreita da primeira oportunidade para "ser mais que os outros". Por isso é que dão logo uma grande bandeira (leia-se estrilho, barraca, etc) assim que se apanham na posse duns trocados que, nesta espécie de ricos, nunca se sabe bem de onde vêm.

Vem isto a propósito da erradicação da pobreza.
Como quem esta a tratar disso são os "ricos", está tudo dito.
Estes ricos são uma miséria!

"Uma em cada seis pessoas no mundo vive em condições de pobreza extrema, não tem acesso a medicamentos nem à educação básica, indicam dados internacionais. Em Portugal, um em cada cinco vive em situação de pobreza. "


segunda-feira, 3 de setembro de 2007

Da Violencia

"Do rio que tudo arrasta, se diz que é violento.
Mas não se dizem violentas as margens que o comprimem."
Bertold Brecht